Logo Cut Logo Fetam

Sindsepa Araras - Sindicato dos Servidores Publicos Municipais de Araras

Notícias

Ofender funcionário público nas redes sociais é crime

publicado em - 17/09/2021 Canal de Notícia Alternate Text

As redes sociais conectam as pessoas e trazem vários avanços, porém também dão voz à pessoas mal-intencionadas que não respeitam e agridem virtualmente pensando que o ambiente virtual é sem lei, o que não é verdade. Vários boletins de ocorrências foram lavrados devido postagens que ofendem os funcionários públicos de Araras.

O Sindsepa (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Araras) está apurando várias denúncias de postagens que insultam a imagem da categoria, para que o departamento jurídico tome as devidas providências.

Já foram lavrados vários os boletins de ocorrências, como, por exemplo, uma pessoa que ofendeu motorista e cobradores (as). Não se pode ofender os trabalhadores por discordar de uma decisão tomada pela direção da empresa, ou seja, os responsáveis pelas mudanças que causaram a insatisfação do cidadão, que também não podem ser insultados pelas redes sociais, existe os canais para reclamação.

A prática conhecida como Cyberbullying pode acarretar processos tanto no campo cível, com dano moral, quanto na área criminal, como injúria, calúnia e difamação. Além disso, desacatar funcionário público no exercício da função ou em razão dela continua sendo crime, conforme previsto no Código Penal.

Diante dos fatos, para garantir que os trabalhadores sejam tratados com dignidade, o Sindsepa lança nas redes sociais a campanha: “Respeite o servidor, ele trabalha seguindo ordens”. O objetivo da campanha é conscientizar a população.
O Sindicato está à disposição para ajudar todos os funcionários que foram caluniados ou ofendidos. JUNTOS SOMOS FORTES!
 

Endereço: Rua 7 de Setembro, 418 – Centro
CEP 13600-130
Tel: (19) 3542-6479